Loading Posts...

Suspeito de estupro virtual ameaçava divulgar ‘nudes’ da vítima

Tarllys Andrade Aguiar foi preso nesta quarta-feira (11), acusado de estupro virtual, em Palmas.

De acordo com a Polícia Civil que investiga o caso, a suspeita é de que ele pode ter abusado de outras mulheres.

Loading...

O acusado usava perfis falsos para cometer o crime nas redes sociais e é apontado pela polícia como um “estuprador virtual”.

Conversas com uma vítima de 21 anos foram encontradas e a TV local teve acesso e descobriu que o suspeito ameaçava espalhar fotos íntimas da jovem.

Loading...

“Se tu não mandar as fotos pra mim vou espalhar tudo no Facebook do seus amigos. Vai logo tirar essas fotos. Se tu não mandar agora, vou espalhar teus nudes e teus vídeos se masturbando [sic]”, escreveu o suspeito.

O suspeito ameaça divulgar fotos íntimas caso a jovem não continuasse a fornecer novas fotos: “Posso espalhar suas fotos ou vamos ficar de boa? Seu tempo tá acabando.”

Loading...

Em outro ponto da conversa, ele demonstra agressividade: “Se tu não mandar as fotos pra mim vou espalhar tudo no Facebook do seus amigos. Vai logo tirar essas fotos. Se tu não mandar agora, vou espalhar teus nudes e teus vídeos se masturbando [sic].”

Segundo a delegada Milena Lima, os dois teriam um relacionamento virtual e o crime estava sendo investigado há cerca de três meses. Para atrair as vítimas, o suspeito fez um perfil falso com o nome de Emanuel Rodrigues Lima.

“Ela passou a ter que se ‘autofografar’ e fazer vídeos íntimos, inclusive, se masturbando. As ameaças constam desde o meio de 2017 até fevereiro deste ano. A figura do estupro contempla a conjunção carnal e os atos libidinosos diversos, desde que praticados de forma coativa. Nesse caso, ela foi obrigada e constrangida a fazer aquilo. Não havia espontaneidade”, explicou a delegada.

A prisão foi feita pela Delegacia Especializada na Repressão a Crimes Cibernéticos, com apoio da Delegacia de Investigação Criminal e Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Ordem Tributária.

O suspeito ficará preso temporariamente por ordem da Justiça.

Leave a Comment

Open